10 Comportamentos Comuns de Homens Infiéis

Se apaixonar por uma pessoa sempre é uma das melhores sensações que o ser humano pode experimentar. Quando acontece tudo o que queremos é amar e sermos correspondidos.

Quem já sentiu o gosto amargo da traição sabe bem qual é a sensação. Como precaução nunca é demais, veja alguns alertas que podem indicar que a pessoa que está ao seu lado está sendo infiel. Confira!

  1. Ciúme excessivo: Ciúme exagerado é bem comum para as pessoas que traem, uma vez que os infiéis mentem repetidamente para seus parceiros e isso produz o receio de que seu par faça o mesmo com eles.
  2. Culpa mascarada pela carência: O infiel passa a depender que seu parceiro diga que precisa dele, quanto o ama, quão é especial, entre outras pseudo garantias. Precisam ter certeza que tudo está bem e que o parceiro não desconfia de nada.

O ATO DE DE INFIDELIDADE NÃO CONSISTE SOMENTE EM ADULTÉRIO. DENTRO DO RELACIONAMENTO PODEM HAVER DIVERSAS RUPTURAS DE ACORDOS QUE PODEM SER CONFIGURADAS COMO INFIDELIDADE.

  1. Mentiras em excesso: Sabe aquela pessoa que mente por qualquer coisa? Não é uma regra, mas aumenta e muito a possibilidade de infidelidade.
  2. Insegurança exagerada: Os infiéis são, de uma maneira geral, pessoas inseguras. Pode parecer loucura, mas a infidelidade muitas vezes acontece devido ao medo de ficar sozinho ou até uma auto defesa contra o medo de ser traído.
  3. Inveja e ganância: O ditado da grama do vizinho que é sempre mais verde, se aplica perfeitamente nesse caso. Pessoas infiéis sempre querem aquilo que não é seu. Querem o que não têm. Querem mais do que têm. mesmo que o infiel tenha uma pessoa maravilhosa ao seu lado, ele vai sempre achar que pode ter uma pessoa melhor ao seu lado.
  4. Don Juan: O conquistador nato Sabe aquela pessoa sexy, irresistível, com olhares e papo fatal? Existem exceções, mas a grande maioria ama a arte da conquista. Eles gostam de paquerar, flertar e se sentirem desejados. Cuidado com eles.
  5. Mudança brusca de mentalidade: A pessoa infiel começa a ter uma visão diferente sobre o amor e acaba sugerindo um relacionamento aberto por não querer continuar em um relacionamento sério.
  6. Aquela vaidade que aparece do nada: Se a pessoa começa a se cuidar mais do que o de hábito ou de repente começa a dar atenção desproporcional a aparência, fique de olho. Esse é um dos principais sinais de infidelidade.
  7. Mudança inesperada de temperamento: O infiel se torna agressivo, controlador, inventa fatos inexistentes e subitamente passa a ter um temperamento explosivo com o parceiro. Já aconteceu com você?
  8. A velha desculpa da falta de tempo: Onde há vontade, há um jeito. Normalmente a infidelidade começa quando o par passa a não ter mais tanto tempo como antes. As desculpas, as horas extras, as reuniões e atividades fora de hora costumam aparecer.

É importante salientar que este artigo não tem profundidade psicológica, tampouco o objetivo de influenciar qualquer relacionamento. Sabemos que cada caso é um caso. No entanto, identificar os sintomas pode ajudar e em conjunto com a boa e velha conversa, sanar as inseguranças e a conquistar nosso merecido felizes para sempre.

A mudança começa sempre por nós mesmos.

Nunca é demais lembrar que pouco adianta reclamar de infidelidade se formos cúmplices de alguma traição. Quem permite-se cortejar ou paquera alguém comprometido, está alimentando um dos nossos piores vícios.

As frases “eu não sou ciumento” para dar em cima de alguém que já tem compromisso ou “o problema é da/o namorada/o é dele/a e não meu” já saíram de moda faz tempo.

Imagem destaque – Créditos: Freepik storyset

 

Deixe um comentário